• Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras a partir de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Verrugas genitais: transmissão, cuidados e prevenção

As verrugas genitais ocorrem por causa de uma infecção de pele provocada pelo HPV (vírus do papiloma humano). Geralmente, elas não causam dor e não apresentam grandes riscos para a saúde. Todavia, podem trazer muitos incômodos a nível estético, gerando até mesmo problemas psicológicos em alguns casos. Saiba mais a seguir.

Quais são os sintomas das verrugas genitais?

As verrugas genitais surgem com a transmissão do vírus papiloma humano (HPV), durante uma relação sexual desprotegida. Na maioria das vezes, os sintomas demoram muito tempo para aparecer: semanas, meses e até mesmo anos. Por causa disso, muita gente tem HPV e não sabe, porque sinais como verrugas genitais ainda não apareceram. Dessa forma, é importante realizar testes para o diagnóstico da doença.

Geralmente, as verrugas genitais não causam dor. Porém, em casos graves, podem causar ardência, coceira, e até mesmo sangramento. Nos homens, elas podem surgir no pênis, escroto, interior da uretra e em torno do ânus. Já nas mulheres, elas aparecem na vulva, em torno ou dentro da vagina, no colo útero, interior da uretra e em torno do ânus.

As verrugas podem prejudicar a autoestima e, quando não tratadas, danificar a pele e os órgãos sexuais.

Qual a aparência das verrugas genitais?

Verrugas podem ser planas ou com aspecto de couve-flor. A sua cor típica é rosa para o castanho. Podem surgir individualmente ou aglomeradas de uma só vez. Nas mulheres, é mais comum aparecer na vagina, lábios vaginais ou próximo da uretra. Nos homens, são mais frequentes no pênis e prepúcio; podem surgir também na uretra, e a sua saliência torna-se visível por fora da pele. Em ambos os sexos, podem aparecer no ânus, porém não é o local mais comum. Também é possível aparecerem na língua, lábios e mucosa oral, mas somente em casos raros.

A transmissão das verrugas genitais

A transmissão pode ocorrer tanto pelo sexo vaginal, anal, ou até de brinquedos sexuais. No entanto, não é só durante a relação sexual que elas aparecem. Também podem ser transmitidas através de um simples contato com a pele infectada. A transmissão é mais frequente quando as verrugas genitais estão visíveis. Entretanto, também é possível ser infectar depois do seu desaparecimento, e até mesmo antes delas se desenvolverem.

Todas as pessoas podem infectar alguém ou ser infectado. É claro que o risco é maior em pessoas que têm relações sexuais sem proteção com mais frequência, ou que tem mais parceiros sexuais, visto que as chances se multiplicam. Mas não se engane: também é totalmente possível se infectar com o HPV com apenas um parceiro fixo.

A melhor forma de proteção é usando preservativos durante as relações sexuais. No entanto, eles não oferecem uma proteção total, visto que o contato da pele perto da área genital também pode estar infectado e transmitir o vírus.

Como eliminar verrugas genitais?

Caso não tenha certeza se tem HPV ou não, é recomendável consultar um médico. Este profissional fará exames, teste de amostra de tecido ou até mesmo exame de observação das verrugas genitais, se elas aparecerem. Já se você tem esta condição, não se preocupe. Há muitos tratamentos, porém nem sempre é necessário que os faça. Em alguns casos, as verrugas genitais podem desaparecer sozinhas. Porém, isso pode levar tempo. O tratamento vai depender do tamanho, quantidade e sua localização.

  • Há muitos medicamentos de prescrição médica sob a forma de líquidos ou cremes para serem aplicados diretamente na área infectada. Estes produtos podem ser usados pela própria pessoa sozinha, ou então ela pode pedir ajuda na hora da aplicação.
  • A crioterapia usa nitrogênio líquido para o congelamento das verrugas genitais. Geralmente é feito em sessões, de uma vez por semana ou sessões para cada dia por seis a 12 semanas.
  • Os tratamentos com laser também podem ser usados para eliminar verrugas genitais. Primeiro, a anestesia da área é realizada, para que assim o paciente não sinta dor durante o procedimento.
  • Também é possível realizar o tratamento térmico (excisão electrocirúrgica ou electrocautérios) para eliminar verrugas.
  • Em casos mais graves, há a possibilidade de eliminar verrugas genitais por meio de operações cirúrgicas.

Em alguns casos, é preciso combinar diferentes tratamentos para remover as verrugas genitais completamente, visto que muitas são difíceis de eliminar, e algumas podem reaparecer. Caso você seja fumante, há uma menor taxa de sucesso, quando comparado com os tratamentos para não-fumantes.

Alguns cremes e produtos para eliminar verrugas genitais podem interferir em alguns métodos contraceptivos, como diafragmas e até mesmo preservativos. Por causa disso, é preciso usar contraceptivos alternativos. Evite ter relações sexuais desprotegidas após usar estes cremes porque eles podem irritar a pele do parceiro, ou parceira. Se tiver dúvidas, é sempre importante consultar o médico.

O tempo para a eliminação depende de vários fatores. Para alguns, elas desaparecem depois de semanas ou meses, já para outros demora anos. Acredita-se que as pessoas que já foram infectadas anteriormente, correm um risco maior de recaída, do que quem nunca foi. Isso acontece porque o corpo terá o vírus HPV por mais tempo.

Como prevenir verrugas genitais

Teoricamente, a melhor forma de prevenção é evitando as relações sexuais, porém isso não é uma opção viável na maioria dos casos. Usar preservativo é um método de prevenção da infecção muito viável, mas como já mencionamos, eles não cobrem as áreas próximas à região genital, e dessa forma, não oferece prevenção total.

Fatores que aumentam o risco de infecção

  • Pessoas que já tiveram infecções de outras DST, visto que os fatores de risco são iguais.
  • Muitos parceiros sexuais.
  • Fumantes.
  • Alguns tipos de deficiência de vitaminas.
  • Remédios ou doenças que fragilizam o sistema imunológico, como HIV.

Como a ShytoBuy pode ajudar você

Confira nossos produtos e tratamentos naturais para este problema chato que pode causar muito desconforto. O Óleo de Manuka East Cape 25% é conhecido por suas propriedades antibacterianas únicas. Confira esse e outros produtos no menu do site.