• Seu Pedido Discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura.

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras acima de R$250.

  • Parcelamento em até 12x sem juros

    Mais conveniência para sua compra.

Sudorese: as causas e como lidar com o suor excessivo

A sudorese ou hiperidrose não devem ser confundidas com o simples suor. O suor é um mecanismo muito importante para o funcionamento do nosso organismo, pois além de regular a temperatura do corpo também ajuda na eliminação de toxinas. No entanto, o suor em excesso está associado a um desequilíbrio das glândulas sudoríparas e pode levar a um desconforto intenso, impactando não só a condição física quanto a emocional. Existem muitas soluções naturais que...

Transpiração Excessiva

Sendo composto basicamente por sais minerais e água, o suor é comum em todas as pessoas, sendo alias saudável suar em níveis normais. O problema ocorre quando começamos a suar excessivamente. Isso pode ser um sinal que o nosso corpo esta com algum problema e devemos procurar ajuda médica, pois poder se que você esteja com sudorese.

Os transtornos diários para as pessoas que sofrem de transpiração excessiva podem acabar gerando muitos problemas no convívio social, isso por que as pessoas com este problema, acabam se isolando e se sentem mal, fazendo de tudo para evitar situações onde elas podem se expor.

Existem muitas duvidas em relação a sudorese transpiração excessiva, por isso criamos esta pagina para lhe ajudar. Continue lendo e saiba tudo sobre o assunto.

O que é?

Logo abaixo da epiderme, na derme, camada mais profunda da pele é onde se localizam as glândulas sudoríparas, responsáveis pela produção do suor. É através de pequenos canais que o suor é transportado para as camadas mais externas da pele.

A função do suor é manter a nossa temperatura corporal equilibrada, podemos notar que quando fazemos exercícios, nosso corpo aumenta a temperatura e por isso transpiramos mais. Este processo é controlado pelo sistema nervoso autônomo, sendo assim não possuímos controle da quantidade de transpiração.

A Sudorese ou Hiperidrose é uma doença benigna que se manifesta através do suor excessivo.

O problema existe quando a transpiração é maior que a necessidade do corpo em manter uma temperatura adequada, isso acaba causando muitos transtornos às pessoas que sofrem deste problema.

A Hiperidrose ou Sudorese é um problema comum para muitas pessoas, causando um grande incomodo. Ela pode aparecer geralmente antes da adolescência e ficar mais acentuada com a chegada da puberdade.

Sintomas da sudorese ou hiperidrose

Não é difícil perceber quais são os sintomas da transpiração excessiva, porém apesar de ser uma doença benigna ela deve ser investigada para que se descubra exatamente qual o problema.

Normalmente o suor excessivo aparece nas axilas, palmas das mãos, rosto e pés. O que ocorre com muitas pessoas é que a transpiração se concentra em uma área do corpo, fazendo com que o indivíduo que tem o problema se isole e evite contato com outras pessoas.

Quem transpira muito durante o dia acaba tendo mais dificuldade de ter contato com outras pessoas, seja por insegurança ou mesmo por se sentirem incomodadas. Apenas para citar alguns exemplos, pessoas com hiperidrose no rosto costumam ficar muito vermelhas, já alguns transpiram nas mãos, evitando escrever para não molhar o papel, em casos mais extremos até evitam dirigir para a mão não escorregar no volante.

A grande questão aqui é que quando se sofre de sudorese muitos indivíduos, devido ao incomodo acabam ficando ainda mais nervosos, e acabam suando ainda mais. Isso é ainda mais constrangedor quando o suor deixa marcas, no caso das axilas e também nas meias, levando muitos a se isolarem.

Por que a sudorese ocorre?

É normal para todas as pessoas transpirarem, alias, muito mais que normal, é necessário, existem muitas situações onde suar em excesso é normal – quando fazendo exercícios físicos, estamos em alguma situação de stress, medo, raiva ou nervosismo. Mesmo sendo normal pessoas com hiperidrose sofrem com a situação.

A transpiração excessiva é o resultado de glândulas sudoríparas muito ativas e que produzem suor de forma descontrolada e em demasia.

A hiperidrose primária ou focal ocorre normalmente nas axilas, mãos e pés, afetando uma pequena parcela da população, sendo que a grande maioria não procura ajuda médica. Damos o nome de hiperidrose primária quando atinge pessoas saudáveis e que não estão sobre nenhum estimulo que as façam suar normalmente, como exercícios físicos, stress ou calor.

Existem casos onde a transpiração excessiva ocorre devido a outras doenças e condições, neste caso chamamos de hiperidrose secundária. Algumas delas são:

  • Ansiedade;
  • Falta de controle da glicose;
  • Alguns medicamentos;
  • Doença de Parkinson;
  • Doenças cardíacas;
  • Menopausa;
  • Hipertiroidismo;
  • Acromegalia;
  • Problemas pulmonares;
  • Mudanças hormonais;
  • Alguns tipos de câncer;

Quando falamos de hiperidrose secundária é importante que o tratamento seja feito na causa primária do problema, só assim é que se pode resolver o suor excessivo. Já na hiperidrose primária existem pesquisas que indicam fatores hereditários como causas.

Tratamentos naturais para a transpiração excessiva

Quando recebemos o diagnostico de sudorese ou hiperidrose é importante ter uma estratégia para combater a transpiração excessiva.

Existem produtos que podem ajudar a diminuir o suor, no caso alguns desodorantes antitranspirantes a base de zircónio, sais minerais de alumínio ajudam, mas podem irritar muito a pele. Nestes casos é melhor parar de usar estes produtos.

Contamos com uma linha de produtos que podem te ajudam com a sudorese ou hiperidrose, te devolvendo a confiança de poder se expor sem se preocupar com o suor excessivo.

Uma ótima opção para que sofre deste mal é o Desodorante Roll-on Calreador de Axilas South Beach, este produto além de ser um desodorante, ajuda no clareamento das axilas após a depilação. Caso você também sofra com este problema, este pode ser o produto ideal para você.

Quando os tratamentos naturais não surgem efeito algumas pessoas procuram alternativas mais drásticas. A injeção da toxina botulínica nas axilas para que bloqueiem as células nervosas e impeçam a produção de suor pelas glândulas sudoríparas. Esta solução pode durar de 6 a 11 meses, sendo que é necessária uma nova aplicação após este período.

Caso nenhum dos tratamentos acima de resultado ainda existe a opção médica. As cirurgias nesta área não são incomuns, e consistem na retiradas das glândulas sudoríparas, responsáveis pela produção do suor. O problema das cirurgias são as dores e o fato de deixarem cicatrizes.

Alimentação e hiperidrose

O tipo de alimentação tem influencia direta no odor e na quantidade de suor que produzimos.

É sabido que alimentos com grande quantidade de condimentos acabam nos levando a produzir uma quantidade maior de sudorese. Sabemos como é difícil para muitas pessoas resistirem a este tipo de alimento, a solução seria apenas evita-los quando vamos ter contato com outras pessoas. Seja uma reunião de negócios ou um primeiro encontro, evite condimentos para não arruinar estes momentos.

Cebola e Alho também podem causar problemas, estes alimentos acabam passando um forte cheiro através do suor, criando situações desconfortáveis.

As pimentas são conhecidas por nos fazerem suar, as vezes quando as ingerimos não sentimos nada, porém quando o processo de digestão se inicia, muitas pessoas começam a suar e se veem em uma situação constrangedora. Outro ingrediente que esta ligado a transpiração excessiva é a cafeína, levando pessoas que já suam em excesso a suarem ainda mais.

Como em várias outras situações o recomendado neste caso é uma dieta saudável, isso por que mesmo que não se diminua a quantidade de suor, pelo menos o odor será mais agradável. Muitos recomendam a ingestão de produtos adstringentes como acerola, frutas vermelhas, tomate, limão, etc.

Prevenir a transpiração excessiva

Existem algumas medidas que podemos adotar para evitar ou ao menos diminuir os efeitos da transpiração excessiva.

A primeira medida que devemos tomar esta relacionada a nossa higiene pessoal, os desodorantes antitranspirantes devem ser escolhidos com cuidado para que não causem irritações e alergias. Como já mencionado anteriormente os produtos com cloridrato de alumínio são menos irritantes e adequados para perfumar e esconder cheiros desagradáveis.

Mesmo levando em conta que os antitranspirantes podem irritar e causar alergias, estes são uma ótima solução para a para diminuir a sudorese. Alguns destes produtos possuem antibacterianos que ajudam a diminuir as bactérias que causam mal odor. Outro ponto que pode ajudar é a troca frequente de desodorante, isso por que as bactérias se tornam resistentes ao uso de uma marca só. Como todos nos sabemos a melhor forma de se manter um controle das bactérias é uma higiene diária adequada.

Fazer uma higiene diária adequada com o uso de sabonetes é o ideal para as pessoas que sofrem de transpiração excessiva, é importante lembram que a pele precisa respiram após o uso de cremes, sabonetes e produtos para evitar a sudorese ou mesmo o odor.

Ao fazer a escolha dos produtos que devem ser utilizados na sua pele, pense em produtos que não agridam a mesma, sem álcool, conservantes e produtos que dão alergia.

Dicas contra a sudorese:

  • Faça uso de roupas que permitam a transpiração deixando a pele respirar;
  • Tecidos como seda, algodão ou linho, que respeitam a pele são mais indicados que tecidos sintéticos;
  • Tome banho com frequência;
  • Evite situações estressantes que podem te fazer transpirar muito;
  • Use desodorantes para neutralizar o odor do suor e evitar que haja proliferação de bactérias;
  • Seque completamente pés, mãos e axilas após o banho;
  • Evite calçado fechados e com materiais plásticos;
  • Mantenha as áreas de maior transpiração livre de pelos, pois os mesmo alojam bactérias e odores;