• Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras a partir de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Saúde íntima feminina e higiene: dicas para a mulher

Falar de higiene íntima da mulher ainda é tabupara algumas pessoas, embora esse tema deveria ser tratado de maneira natural, uma vez que esse tema está diretamente ligado à saúde da mulher. Saiba mais a seguir.

As dúvidas das mulheres sobre saúde íntima

Esse é um tema recorrente, uma vez que sempre há uma série de dúvidas sobre a saúde vaginal. Dentre os principais questionamentos estão:

  • Com que frequência realizar a higiene
  • Quais são os produtos disponíveis no mercado e qual escolher
  • Como proceder em situações específicas
  • Como lidar com diferentes tipos de material/secreção, tais como suor, gordura, sangue, urina, células mortas.
  • Tudo isso faz com que esse tema pareça ser embaraçoso e até mesmo desagradável. No entanto, é necessário compreender que todas isso faz parte de um processo natural do organismo feminino e o conhecimento sobre o assunto é extremamente importante para evitar que complicações ocorram e tragam malefícios ao funcionamento e saúde do corpo das mulheres.

A higiene da região íntima da mulher

Uma preocupação comum entre as mulheres, e que se torna espacialmente complicada, é o asseio correto da região vaginal, principalmente durante o período menstrual, quando a higiene deve ocorrer de maneira intensificada, uma vez que hábitos incorretos são capazes de gerar o desenvolvimento de situações constrangedoras, como o surgimento de corrimentos, odores fétidos e processos infecciosos.

A vagina é colonizada por bactérias de diferentes espécies, essas bactérias fazem com que a região funcione em plena harmonia, no entanto, em algumas situações, essas bactérias podem causar problemas.

O organismo feminino é dotado de mecanismos para manter a região vaginal em equilíbrio. A vagina possui um pH ácido e é colonizada por bactérias que formam uma barreira que age de maneira a proteger a região contra agentes invasores prejudiciais. Praticar atos de higiene errôneos inibem esses mecanismos de defesa e podem ocasionar desequilíbrios locais. Por isso, realizar uma higiene de forma correta e adequada é fundamental para manutenção da saúde da mulher.

Uma série de fatores afetam o pH da vagina, os principais são:

  • Umidade;
  • Transpiração;
  • Local anatômico;
  • Pré-disposição genética;
  • Idade;
  • Aplicação de produtos;
  • Vestuários;
  • Uso de medicamentos;
  • Cremes depilatórios;
  • Lâminas para a raspagem da região.

É importante ressaltar que não deve haver medo, tampouco receio de lavar a região íntima, o banho permite remover resíduos e secreções que se acumulam de forma natural na região.

A seguir, mostraremos as mais variadas formas de manter a higiene íntima em dia com os mais variados produtos que existem à disposição no mercado.

Produtos para higiene íntima

Sabonete intimo

Sabonete íntimo feminino

Um dos produtos mais recomendados para a higiene íntima feminina e consequente saúde da mulher é o sabonete íntimo. O sabonete íntimo possui diversas finalidades, no entanto é necessário atentar-se à composição deles, antes de criar uma relação de intimidade com esse tipo de produto. Os sabonetes para rosto e corpo, não devem ser utilizados para higiene vaginal, uma vez que o ph desses tipos de produtos podem afetar o equilíbrio da vagina. Portanto, sempre for usar um sabonete íntimo, o recomendado é procurar por um que possua o pH neutro, dessa forma, o pH vaginal não sofre alterações e as bactérias que ali residem, poderão continuar trabalhando normalmente.

Copo coletor menstrual

Copo coletor menstrual

Um dos métodos que vêm ganhando bastante adesão das mulheres é o copo coletor menstrual. Embora o uso do copo coletor menstrual venha crescendo, existe uma grande parcela de mulheres que não gostam do objeto de higiene, pelo simples fato de o considerar pouco higiênico.

O copo coletor menstrual, na verdade é bastante higiênico, uma vez que evita o contato do sangue com o oxigênio, evitando a proliferação bacteriana e o surgimento de odores. A polêmica em torno dessa técnica está diretamente relacionada ao tabu do contato da mulher com o próprio corpo. O copo coletor menstrual nada mais é do que um copinho de silicone hipoalérgico e antibacteriano, capaz de se ajustar à anatomia feminina e dessa forma, coletar o sangue proveniente da menstruação. Ele é totalmente maleável, o que facilita sua utilização vaginal.

Uma grande vantagem do copo coletor menstrual é que ele não altera o pH vaginal e não interfere na lubrificação da região. A resistência de mulheres em usar o acessório de higiene intima se dá principalmente por más experiências no uso do absorvente interno.

A ShytoBuy traz para você o Copo Coletor Menstrual Lunette.

Absorventes

Absorvente feminino

Embora pouca gente saiba, existem uma série de absorventes diferentes que podem ser utilizados, dentre os principais absorventes estão:

  • Absorventes descartáveis;
  • Absorventes de pano;
  • Absorventes biodegradáveis.

Os absorventes descartáveis, consistem basicamente em evitar que o sangue proveniente da menstruação se esvaia. Porém, possui dois grandes problemas: não permite a respiração vaginal, aumentando a umidade, além de seu descarte ser maléfico para o meio ambiente.

Os absorventes de pano seguem o mesmo formato que os absorventes descartáveis. No entanto, por serem feitos 100% de algodão, permitem que a região vaginal “respire” evitando problemas de umidade e proliferação bacteriana. Esse tipo de absorvente pode durar até 5 anos.

Os absorventes biodegradáveis vêm ganhando cada vez mais espaço entre as mulheres devido ao seu apelo ambiental. Eles são recomendados para mulheres alérgicas e hipersensíveis, uma vez que não possuem produtos químicos e são produzidos com algodão orgânico. Sua degradação é rápida, minimizando danos ambientais.

Menstruação e saúde íntima feminina

Durante o período menstrual, a higiene íntima feminina precisa ser intensificada. A eliminação de sangue, é natural do organismo feminino. No entanto, alguns cuidados precisam ser tomados, pensando exclusivamente na proliferação de bactérias.

Absorventes externos, copo coletor menstrual, absorvente interno são métodos que necessitam de trocas periódicas visando higiene local.

A fim de evitar complicações, é adequado trocar absorventes de tempos em tempos. Caso a mulher tenha optado por utilizar o copo coletor menstrual, esse também deve ser esvaziado de maneira frequente.

O período de menstruação é crítico, por isso, atenção e higiene são fundamentais para manutenção da saúde da mulher.