• Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras a partir de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Como manter a saúde da próstata

Problemas de próstata são extremamente comuns e podem levar a sérios riscos para a saúde. Se você está sofrendo de um problema que você acredita estar relacionado à sua próstata, você deve entrar em contato com seu médico imediatamente. Felizmente, há uma variedade de soluções disponíveis para ajudar a reduzir o risco de sofrer de uma condição desconfortável, com uma variedade de suplementos no mercado destinados a apoiar a saúde da próstata.

O que é e qual a função da próstata?

A próstata é caracterizada por uma glândula do sistema genital dos homens, situada na frente do reto e logo abaixo da bexiga. A dimensão da próstata tem variação de acordo com a faixa etária. O público masculino mais jovial, disponibiliza de uma próstata, em média, da dimensão de uma noz, mas pode ter um tamanho maior em homens com mais idade.

A funcionalidade da próstata corresponde a produção do fluído que age como proteção e nutrição dos espermatozoides em relação ao sêmen, transformando-o de formar mais líquida. Em seguida, atrás da próstata, permanecem as glândulas chamadas vesículas de sêmen, que se responsabilizam pela produção da maior parte líquida do sêmen. A uretra, que promove o transporte da urina e o sêmen para fora do organismo por meio do pênis, segue até o centro da próstata.

Os principais problemas e doenças que podem afetar a próstata?

Entre as patologias mais convencionais, identifica-se o câncer de próstata, a HPB, denominada Hiperplasia Benigna da Próstata, e, ainda, a Prostatite. Todas essas doenças acontecem somente na etapa adulta, a contar a idade dos 30 anos. Em razão disso, a relevância dos exames neste tempo, evita males mais graves.

Câncer de Próstata

Este é o tipo de câncer que acomete os homens, de forma parecida ao que acomete as mamas femininas. Há uma média de 50% da população referente aos homens, entre os 80 anos que têm o câncer de próstata, ainda que nem sempre essa circunstância leve ao óbito.

Assim como todo o tumor de teor maligno, este tipo de câncer é motivado por células cancerígenas que aumentam em um ritmo sem ordem, provocando um alastramento do resto do corpo. Exames de prevenção podem auxiliar que o quadro se torne de menor gravidade a ponto de procedimentos como cirurgia. Estes testes podem ser procedidos a contar os 45 anos e, caso exista histórico da doença na família, a contar os 40 anos.

HPB

A Hiperplasia Benigna da Próstata, ou hiperplasia prostática, é muito convencional ao público masculino entre os 80 anos, entretanto, pode acontecer antes, entre os 50 anos. Neste caso, a próstata aumentada inicia uma elevação do tamanho, comprimindo a uretra, provocando a dificuldade para urinar.

A piora no cenário de HPB pode gerar doenças ainda mais graves, por determinadas infecções da urina e insuficiência dos rins. Em situações extremas, pode ter evolução para um tumor maligno. Os sinais para a descoberta da possível HPB, geralmente, destacam-se pela dificuldade em eliminar urina, sangramentos ao longo do procedimento, ou ainda a vontade repetida de idas ao banheiro, e jatos curtos dispersos.

Dessa forma, é provável que as cirurgias sejam necessárias, assim como a utilização de remédios que controlam o aumento desordenado.

Prostatite

Em relação as demais doenças, esta é a de menor gravidade, mas seu tratamento deve ter início o quanto antes para que se evite maiores problemas.

A prostatite é uma doença inflamatória da próstata, que pode afetar os homens com menos de 50 anos, sendo o terceiro problema mais comum em homens com mais de 50 anos. E pode estar relacionada a causas infecciosas e não infecciosas.

Por isso, pode ser subdividida em 4 grupos:

  • Prostatite aguda
  • Prostatite bacteriana crônica
  • Prostatite não bacteriana crônica ou síndrome da dor pélvica crônica
  • Prostatite inflamatória assintomática

Quando é causada por uma infecção bacteriana, está associada a uma infecção do sistema urinário. Entretanto, os tipos mais comuns são a prostatite não bacteriana e a prostatodinia, aqueles onde há uma inflamação da próstata, mas sem a presença de infecção urinária. É uma doença que afeta muito a qualidade de vida dos pacientes, pois sentem ardor ao urinar, dores pélvicas e aumento da frequência de micções, por exemplo. Para sua identificação, os pacientes devem realizar testes onde há a coleta de secreções da próstata. A base do tratamento da prostatite é a administração de medicamentos específicos. Somente em casos mais graves, a indicação é a cirurgia.

Como manter a saúde da próstata?

A prevenção é sempre uma forma saudável de promover a redução dos riscos de câncer de próstata. De forma geral, o público masculino que tenha mais de 40 anos inicia problemas relacionados a saúde da próstata.

A próstata é caracterizada pela glândula exócrina do sistema de reprodução dos homens, que agem como válvula que direciona o fluxo urinário e de espermas. O crescimento da próstata é uma elevação não cancerosa da próstata. Os maiores problemas de próstatas, assim como infecções, HBP e, ainda, a prostatite é motivada pelo crescimento exagerado do órgão.

Os sinais mais convencionais do alargamento da próstata se destacam por problemas de micção, dores lombares, a disúria e a síndrome de dores crônicas da pelve. Dito isso, algumas suplementações naturais conseguem aprimorar a saúde da próstata em sua totalidade. Esses suplementos, como o Prostasure, promovem a diminuição do risco de desenvolver distúrbios da próstata.

  • Remédios herbais
  • Raiz de urtiga – redutor da obstrução do fluxo da urina
  • Trevo vermelho – antioxidante combatente ao crescimento de câncer e formação de DHT
  • vitamina C
  • vitamina B6
  • soja
  • óleo de peixe.
  • selênio, disponibilizado na castanha do pará
  • licopeno – com antioxidantes de muito poder
  • frutas – goiabas, melancias, toranjas rosa
  • alho, açafrão, gengibre e alecrim
  • suplementos saudáveis que incluam calota craniana, manjericão e orégano
  • o chá verde
  • suplementação de zinco com cobre com recomendação para tratar a hiperplasia prostática

Os problemas de próstata podem ser evitados ou tratados a partir dos diversos fatores apresentados. A nossa linha de produtos é composta por elementos mencionados acima, que refletem no bem-estar e saúde masculina. Não deixe de conhecer os elementos que constituem nossos produtos.