• Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras a partir de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Doença de Peyronie: tudo o que você precisa saber

A doença de Pyronie é uma patologia que atinge os corpos cavernosos do pênis, as estruturas responsáveis pela ereção do pênis nos homens. Desenvolvem-se placas fibróticas ou nódulos que envolvem a estrutura desses corpos, comprometendo a elasticidade e a ereção. Seu nome tem origem em um médico francês, François Gigot de La Pyronie, o primeiro cirurgião do Rei Luís XV, onde detectou o problema.

As causas da Doença de Peyronie

Ainda não se sabe ao certo o que causa a Doença de Peyronie, apesar dos estudos e pesquisas sobre o assunto, nem por que ela só aparece em alguns homens. Até agora, as hipóteses para as causas são:

  • Trauma ou acidente vascular cerebral: em alguns casos, acredita-se que a curvatura peniana é causada por acidentes vasculares cerebrais ou lesões no tecido do pênis, como quedas ou outros acidentes.
  • Cicatrização: pessoas com predisposição para a formação de cicatrizes podem formar com mais facilidade placas responsáveis pela curvatura peniana.
  • Fatores genéticos: alguns pesquisadores acreditam que a Doença de Peyronie ocorre por fatores genéticos, porém ainda não existe comprovação definitiva.
  • Problemas de ereção: podem ocasionar risco de lesões durante o ato sexual, aumentando as chances de traumas no pênis.
  • Medicamentos: também supõe-se que a curvatura peniana pode acontecer devido a efeitos colaterais de alguns medicamentos.

Sintomas da Doença de Peyronie

Quando a Doença de Peyronie aparece por causa de uma lesão no tecido do pênis, os sintomas podem surgir logo em seguida. Já em outros casos, eles aparecem gradualmente, e muitas vezes vão piorando com o tempo. Por isso, é importante tratar a curvatura peniana o quanto antes.

Os principais sintomas são:

  • Curvatura anormal do pênis.
  • Inchaço do pênis.
  • Protuberância na base do pênis.
  • Dor no pênis.
  • Início da disfunção erétil (problemas de ereção).

Existe tratamento para a Doença de Peyronie?

Há várias abordagens de tratamento como medicação, soluções injetáveis, pomadas, extensores penianos, terapia com radiação e cirurgia, que em alguns casos pode provocar a impotência. Entretanto, também é possível encontrar soluções naturais para a curvatura peniana, que são muito simples e podem ser utilizadas na sua própria casa. Produtos naturais, exercícios e massagens podem ajudar no combate da curvatura, reduzindo as placas fibrosas do pênis.

Alguns extensores de pênis podem ser recomendados por médicos para serem usados no tratamento da Doença de Peyronie, como o Jes Extender. Eles usam o princípio físico da tração, e é possível usar esses extensores diariamente e por debaixo da roupa.

Foto Doença Peyronie

Antes de escolher um tratamento para a Doença de Peyronie, é preciso consultar um urologista para que o seu caso seja analisado. Este profissional especializado irá indicar o melhor tratamento e, em casos graves, poderá recomendar cirurgia. Caso a Doença de Peyronie não seja tratada, os sintomas podem piorar, podendo causar uma dor e desconforto no pênis ereto. Ademais, tal problema pode piorar a ponto de ser impossível ter relação sexual. Em casos graves, esta doença pode ocasionar a impotência.

Como a ShytoBuy pode ajudar você

A Doença de Peyronie pode ser um problema embaraçoso para o homem, e muitos têm vergonha de procurar saber mais sobre o assunto, pois acreditam que o tratamento da curvatura peniana não é possível. No entanto, saiba que é possível tratar essa doença e amenizar os sintomas.

O Neprinol é um suplemento que pode ajudar no controle dos sintomas da doença de Peyronie.

Há ainda os extensores penianos, como o Andropenis Gold, auxiliar no tratamento da doença de Peyronie.