• Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras a partir de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Como evitar e tratar unha com fungo

Muitas alterações nas unhas das mãos ou dos pés podem fazer as pessoas pensarem que têm uma infecção fúngica nas unhas, medicamente conhecida como onicomicose. Ela é o problema mais comum nas unhas, ocorrendo em cerca de 50% dos casos de anormalidades ungueais. As unhas das mãos e dos pés estão suscetíveis à infecção, que geralmente se manifesta na descoloração e espessamento da unha e com bordas quebradiças. Dos dois, o fungo da unha dos pés é muito mais comum do que o das mãos. Saiba mais a seguir.

O que é fungo nas unhas?

A infecção das unhas dos pés entra através das rachaduras formadas na unha ou por cortes na pele. Ela pode fazer a unha mudar de cor ou ficar mais grossa. Como os dedos ficam quentes e úmidos dentro de sapatos fechados ou por outras razões, o fungo ganha um ambiente perfeito para crescer. Na maioria dos casos, a infecção fúngica nas unhas é indolor, mas se não for tratada pode se tornar desconfortável e dolorosa.

As soluções ou produtos certos, no momento certo, podem ajudar você a prevenir e a controlar tais situações, deixando suas unhas limpas e livres de fungos.

A infecção fúngica nas unhas é contagiosa?

Embora o fungo possa ser adquirido de outros, não é muito contagioso. Como o fungo ungueal é muito comum, você pode encontrar casos em mais de uma pessoa em uma mesma casa, o que pode ser apenas coincidência. No entanto, o contato íntimo constante pode aumentar as chances da infecção fúngica das unhas ser transmitida de uma pessoa para outra.

Fatores de risco para infecção fúngica nas unhas

Onicomicose subungueal distal: Este é o tipo mais comum de infecção fúngica nas unhas. Ocorre mais frequentemente nas unhas dos pés do que na das mãos, e o dedão é geralmente o primeiro a ser afetado. Começa com uma área descolorida nas extremidades das unhas e levanta a unha em direção à cutícula. Eventualmente, a unha inteira pode ficar espessa e escamosa. Os fatores que causam esse tipo de fungo nas unhas incluem idade avançada, natação, pé de atleta, psoríase, diabetes, membros da família com a infecção ou uma condição autoimune.
Onicomicose subungueal proximal: Este é o tipo menos comum de infecção fúngica nas unhas, ocorrendo mais frequentemente em pessoas com um sistema imunológico danificado. Todos os outros fatores permanecem semelhantes ao tipo distal, mas aqui a infecção começa na base da unha e se espalha lentamente em direção à ponta.
Onicomicose superficial branca: Este tipo de infecção ungueal é comumente afetada por um fungo chamado Trichophyton mentagrophytes var interdigitale. Esses fungos danificam  as camadas superficiais da unha e não o tecido conjuntivo subjacente. O grau de inflamação é, portanto, relativamente leve. É possível ver manchas brancas opacas na unha, e cada uma delas representa uma colônia separada de fungos. Conforme a infecção progride, as manchas se espalham e cobrem a unha inteira, que se torna mole e quebradiça.
Onicomicose por levedura: Uma levedura chamada Candida é responsável por causar esse tipo de fungo nas unhas. É mais comum nas unhas das mãos, em que a pessoa já pode ter a infecção na cutícula. A candidíase nas unhas pode deixá-las amarelas, marrons, brancas ou espessas.

O que causa uma infecção fúngica nas unhas?

Cada tipo de infecção fúngica nas unhas pode ser causado por organismos microscópicos chamados fungos, que podem atuar de diferentes formas. Eles não precisam de luz solar para se desenvolver. Uma vez que a infecção fúngica nas unhas começa a se nascer, ela faz com que uma certa parte da unha ou a unha inteira fique descolorida, espessa e distorcida. A seguir estão algumas causas comuns de infecção fúngica nas unhas:

Ambiente:
Quando a sua unha é exposta a locais úmidos, com temperaturas quentes ou alcalinos (com PH alto), isso cria o ambiente perfeito para que o fungo se desenvolva. Para evitar essa situação, crie um ambiente seco, arejado e ácido.

Ferimentos:
Quando a unha bate em alguma coisa e acaba levantando da pele, cria um meio de entrada para os fungos. Nesse caso, a ação imediata pode prevenir o problema. Antifúngicos, bactericidas ou antissépticos podem ajudar, mas verifique se eles não são contraindicados para o seu tipo de ferimento.

Baixa imunidade:
Quando o sistema imunológico não está funcionando corretamente, é possível que ele não consiga combater infecções locais como os fungos. Você pode evitar isso estimulando o sistema imunológico com uma dieta adequada, descanso e exercícios físicos.

Má circulação:
Quando a circulação sanguínea não está adequada sequer para que o sistema imunológico atue, os fungos podem se instalar. A má circulação também pode provocar a má nutrição das unhas, permitindo que os fungos se estabeleçam.

Diferentes estágios da infecção fúngica nas unhas

Geralmente, não é grave, mas o fungo das unhas é sempre desagradável à vista e difícil de tratar. Por exemplo, uma leve infecção fúngica nos estágios iniciais pode não ser dolorosa ou causar desconforto, mas inclui sintomas visíveis de descoloração da unha, unhas pretas ou grossas e quebra das unhas. Isso torna absolutamente necessário que você inicie o tratamento imediatamente.

Soluções para controlar infecções fúngicas nas unhas

Felizmente, na maioria dos casos os fungos nas unhas são curáveis ​​e podem ser tratados de forma barata. No entanto, a maneira como você trata deve depender do tipo e da gravidade da infecção. Você pode escolher um caminho ou uma combinação de opções de tratamento depois de saber o que é adequado para você. Aqui estão algumas das principais opções disponíveis:

Medicação

A medicação geralmente é usada em casos mais graves. Medicamentos antifúngicos vêm em duas formas principais - comprimidos e esmaltes para unhas. Eles geralmente precisam ser prescritos por um médico e podem vir com vários efeitos colaterais. É importante ter em mente que sua unha pode não retornar à sua cor normal até que a infecção tenha sido totalmente eliminada, portanto, obtenha um teste da unha para verificar se ela ainda está infectada.

Comprimidos antifúngicos

Este método pode ser muito eficaz para se livrar do fungo unha, uma vez que vem sob a forma de um comprimido, o que significa que atinge o problema através da corrente sanguínea. Outro grande bônus de usar este método está no fato de que ele também podem atuar ao mesmo tempo em quaisquer infecções fúngicas associadas à pele, como o pé de atleta.

No entanto, muitas vezes os comprimidos devem ser tomados por vários meses para se certificar de que a infecção fúngica nas unhas foi total e verdadeiramente eliminada. Há também uma forte possibilidade de que, se você parar de tomar os comprimidos muito cedo, a infecção retorne. Como não é um método natural para se livrar do fungo ungueal, pode haver alguns efeitos colaterais, incluindo dor de cabeça, coceira, náusea, perda de sentidos e paladar ou diarréia.

Esmalte antifúngico

O esmalte é considerado tão útil e discreto quanto os comprimidos, uma vez que é aplicado diretamente na unha e segue até a infecção fúngica. Você também pode escolher esmaltes naturais ou que vêm com vários extratos de plantas, como extrato de óleo da árvore do chá e toranja. O uso de remédios tópicos pode acabar com as infecções fúngicas das unhas com facilidade. Normalmente, leva cerca de 6 meses para se livrar do fungo nas unhas das mãos e cerca de um ano nas unhas dos pés.

Remoção química

Em suma, este método remove gradualmente a placa ungueal anormal e o fungo da unha de forma indolor. Ele deve ser usado e removido a cada dia, pela manhã e à noite. Também deve ser aplicado às unhas duas vezes por semana após a dissecção das placas ungueais, o que impedirá a reinfecção enquanto as novas unhas se formam.

Cirurgia e tratamento com laser

Quando a infecção fúngica das unhas se torna muito severa, não há outra opção senão remover a área danificada da unha ou da pele. Em alguns casos, a unha inteira pode precisar ser removida com cirurgia. Se a sua infecção é muito grave ou dolorosa, este é frequentemente o último recurso, uma vez que pode demorar até um ano para que uma unha saudável volte a crescer novamente. O laser também é uma opção possível, já que suas altas doses de energia luminosa podem ajudar a eliminar o fungo ungueal. Embora ambos os métodos sejam muito eficazes, eles não são de forma alguma curas simples ou de longo prazo.

Dicas para se livrar das infecções por fungos nas unhas

Recomenda-se inspecionar as unhas dos pés regularmente para garantir que a infecção fúngica nas unhas não volte a ocorrer. É importante agir rápido quando você vir sinais de fungo, para evitar que a infecção se espalhe ainda mais para as unhas ao redor. Para isso, você deve remover frequentemente qualquer esmalte para inspeção e, se possível, sempre usar sapatos abertos nos dias mais quentes.

Não é preciso muito esforço para se livrar das infecções fúngicas nas unhas. Existem inúmeras outras práticas que você pode seguir, mesmo após a infecção ter sido tratada com sucesso, para evitar que ela se repita. Abaixo está uma lista de precauções de cuidados:

Sapatos - Tirar os sapatos em casa, embora seja uma sugestão muito básica e óbvia para muitas pessoas, é uma ótima maneira de deixar seus pés relaxados e arejados. Andar descalço não é apenas ótimo para sua postura - se você tende a ficar com os pés suados, isso permite que seus sapatos sequem novamente antes de colocá-los de volta. Além disso, escolha o estilo e material do seu sapato com cuidado. Prefira sapatos feitos de couro ou lona, que permitem que os pés respirem mais do que os de plástico. Também evite usar saltos com mais de 2 cm. A altura pode colocar pressão extra na frente do pé, o que pode causar danos nas unhas. Isso faz com que seja mais fácil uma infecção nas unhas começar e o fungo começar a crescer.
Meias - Mude de meias todos os dias, especialmente durante os dias mais quentes. Lavar suas meias regularmente mata o fungo que causa a infecção nas unhas. Você também pode usar meias de algodão, lã ou seda. As meias da moda podem até ser lindas, mas talvez não sejam boas para a saúde do seu pé. Tecidos sintéticos, como o nylon, tendem a fazer os pés suarem mais.
Lugares públicos - Não ande descalço em locais públicos. Isso deixa você vulnerável a infecções indesejadas, especialmente em áreas quentes e úmidas, como piscinas, SPAs, chuveiros ou vestiários. Os fungos gostam de viver em poças mornas em azulejos, esperando que você pise nele e pegue os esporos, então tome cuidado. Certifique-se de lavar e secar completamente os pés quando estiver em locais públicos. Evite pisar diretamente no chão, usando sandálias ou chinelos.
Limpeza - Desinfete o chão do chuveiro e do banheiro regularmente se você ou alguém que você mora estiver com infecção fúngica nas unhas. E mesmo que todos com quem você vive tenham pés e unhas saudáveis, ainda assim é uma boa prática prática fazê-lo! Isso ajudará a eliminar as chances de as bactérias crescerem e a infecção passar para outras pessoas.

Outros artigos interessantes